Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

This Logo Viewlet registered to qPloneSkinBusiness4 product

Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Entrada Investigação Linhas de investigação Estudos de música antiga Projectos financiados Confluências Culturais na Música de Alfonso X

Confluências Culturais na Música de Alfonso X

Projecto, financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia (POCTI/EAT/38623/2001) , 2005-2008. EQUIPA: Manuel Pedro Ferreira, Rui Araújo. PARCERIA INSTITUCIONAL: Center for the Study of the Cantigas de Santa Maria, Oxford University.

Confluências culturais na música de Alfonso X

 
 (Projecto financiado pela FCT ref. POCTI/EAT/38623/2001)

 

img. alfonso 01

 

Pressupostos do projecto

A colecção de 419 Cantigas de Santa Maria compostas na corte de Alfonso X de Leão e Castela na segunda metade do séc. XIII é crescentemente reconhecida como um marco fundamental quer na cultura peninsular (incluindo a esfera galego-portuguesa), quer na cultura europeia (pela confluência, aí verificada, da cultura cristã com a cultura islâmica da área andaluza).

Nesse repertório (definitivamente constituído por volta de 1285) observa-se pela primeira vez, trinta anos antes da Ars Nova , um esforço continuado para representar por escrito um grande leque de ritmos musicais, e promovem-se dois tipos de forma musical associados à cultura do sul da Península, dos quais o tipo mais importante, conhecido por danza ou virelai , acabaria por ser adoptado em grande parte da Europa a partir de c. 1300.

Infelizmente, apesar dos avanços representados por trabalhos recentes (Ferreira 1993 e ss.), estes aspectos estão longe de terem recebido uma atenção sistemática, e a importância deste repertório na História da Música Europeia não suscitou ainda, devido à sua marginalidade geográfica e linguística, o investimento científico que merece.

A única edição integral das melodias das CSM no século XX foi publicada em 1943, com uma grande quantidade de erros; as reproduções facsimiladas dos manuscritos To e E publicadas em 1922 e 1964, respectivamente, foram retocadas e modificadas, e a do manuscrito T, datada em 1979, não é suficientemente legível. Os microfilmes existentes não reproduzem com clareza os detalhes mais finos da notação medieval.

Isto significa que a comunidade científica não tem acesso ao conteúdo integral das fontes, o que impede o progresso na sua interpretação. O projecto pretende tornar acessível à comunidade científica, em formato electrónico, na Internet, o conjunto dos dados paleográficos coligidos, de modo a que o conteúdo musical dos manuscritos fique permanentemente acessível aos estudiosos sem necessidade de recorrer ao original.

 

Objectivos do projecto

O presente projecto de investigação, iniciado em finais de 2004, pretendeu levar a cabo um levantamento de carácter paleográfico e analítico sobre os vestígios de confluência cultural na notação musical dos manuscritos conservados.

1 Em primeiro lugar, tratava-se de examinar os originais (em Madrid e no Escorial) a fim de verificar os detalhes notacionais até agora não acessíveis; de transcrever cada uma das versões manuscritas da música para suporte digital; e de compilar uma bibliografia exaustiva sobre a música das CSM e tópicos conexos.

2 Numa segunda fase, seriam revistas as transcrições obtidas; organizar-se-iam e analisar-se-iam os dados paleográficos de modo a caracterizar os vários elementos notacionais e esclarecer o seu uso; e seria ideada uma base de dados especialmente concebida para comparações com base na notação original.

3 Numa terceira fase, ir-se-ia proceder a uma contextualização histórica e cultural da notação musical destas fontes, ao mesmo tempo que seriam introduzidos os dados notacionais de cada um dos três manuscritos na base de dados, e que seriam colocados na Internet os resultados da transcrição paleográfica, livremente descarregáveis.

A poucos meses do final do projecto, a primeira fase foi concluída, da segunda fase, só a revisão não chegou ao seu termo, e a terceira está em curso.

10 de Abril de 2008

 

Equipa de investigação

Investigador responsável: Prof. Doutor Manuel Pedro Ferreira ( mpferreira@fcsh.unl.pt )

Assistente de investigação: Rui Araújo ( rui.a.f.araujo@clix.pt )

Consultor externo: Prof. Doutor Stephen Parkinson, Oxford University

 

Edições paleográficas (ex.: CSM 36):

Poderão aqui ser comparadas três versões manuscritas da mesma cantiga (embora a numeração não coincida: é a nº 36 nos códices E e T hoje no Escorial, e nº 37 no códice conservado em Madrid, To). As edições paleográficas digitais estarão em breve disponíveis para descarregamento através do website do CESEM.

img. alfonso 02 img. alfonso 03

img. alfonso 04

Ferramentas do projecto:

Reproduz-se abaixo um exemplo da janela de inserção da base de dados MedievalMusic , desenvolvida no âmbito do projecto para permitir a pesquisa de figuras musicais (e por implicação, perfis rítmicos), de notas e de intervalos no corpus musical das CSM. Esta ferramenta, uma vez concluída a introdução dos dados, poderá ser utilizada presencialmente no CESEM, mediante solicitação, por investigadores credenciados.

 

img. alfonso 05

 

Actividades do projecto:

A 14 de Junho de 2007, realizou-se uma Mesa-Redonda Internacional sobre a música das CSM (veja-se cartaz abaixo). Algumas das comunicações apresentadas serão em breve publicadas online.

 

img. alfonso 06

 

Bibliografia (disponível para consulta no CESEM, salvo indicação em contrário)

 

Comunicações:

Rui Araújo:

«A interpretação das fontes medievais galego-portuguesas», Jornadas Medievais , Sesimbra, Junho 2006.

Manuel Pedro Ferreira:

«Understanding the Cantigas: Preliminary Steps», PMMS - Conference on Medieval Song, Oxford, 28 de Abril de 2007.

«A originalidade das Cantigas de Santa Maria e o papel de Afonso X : um ponto de vista musical», VII Encontro Internacional de Estudos Medievais-EIEM (Fortaleza, Ceará, Brasil, 3-6/7/2007)

«The Notation of the Cantigas de Santa Maria », 18th Congress of the International Musicological Society (Zurique, 10-15/7/2007)

 

 

Publicações:

Manuel Pedro Ferreira:

«Alfonso X, compositor» in Alcanate: revista de estúdio alfonsíes , nº 5, (2006-2007), pp. 117-38.

«A propósito de uma nova lectura de la música das Cantigas de Santa María» in Alcanate: revista de estúdio alfonsíes,  nº 5, (2006-2007), pp. 307-15.

«A conjunção de música e poesia na Península Ibérica, da Idade Média ao Renascimento» in Concerto das Artes , Porto: Campo das Letras, 2007, pp. 421-45.

Rui Araújo:

«A problemática das fontes da lírica musical medieval galego-portuguesa» in I Congreso Galego Mocidade Investigadora , Universidade de Santiago de Compostela, Santiago de Compostela, 2007, pp. 265-70.

 

 

Publicações colectivas:

Campbell, Alison , « Song and source in the Cantigas de Santa Maria» in Performance Online: Revista de Interpretação Musical , Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical/FCSH-UNL - Unidade Investigação em Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro, nº 3, 2008. [ http://www.performanceonline.org/pt/edicao_actual.html; no prelo]

Cohen , Judith, «'Ey-m' acá!' Cantigas Performance Practice in non-Specialist Settings: an Ethnomusicologist-Performer-Educator Perspective» in Performance Online: Revista de Interpretação Musical , Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical/FCSH-UNL - Unidade Investigação em Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro, nº 3, 2008. [ http://www.performanceonline.org/pt/edicao_actual.html; no prelo]

Ferreira , Manuel Pedro, «Understanding the ‘Cantigas': Preliminary Steps» in Performance Online: Revista de Interpretação Musical , Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical/FCSH-UNL - Unidade Investigação em Comunicação e Arte da Universidade de Aveiro, nº 3, 2008. [ http://www.performanceonline.org/pt/edicao_actual.html; no prelo]

 

Materiais úteis, descarregáveis em PDF:

Ferreira , Manuel Pedro, «Bases for Transcription: Gregorian Chant and the Notation of the Cantigas de Santa María» in Los instrumentos del Pórtico de la Gloria , II, 1993, pp. 573-620.

Ferreira , Manuel Pedro, « Iberian Monophony» in A Performer's Guide to Medieval Music (ed. Duffin, Ross W.), Indiana University Press, Bloomington, 2000, pp. 144-57.

Huseby , Gerardo V., « Musical Analysis and Poetic Structure in the Cantigas de Santa Maria» in Florilegium Hispanicum: Medieval and Golden Age Studies Presented to Dorothy Clotelle Clarke (coord.: John S. Geary), Hispanic Seminary of Medieval Studies, Madison , WI , 1983, pp. 81-101. 

 

Links úteis:

http://csm.mml.ox.ac.uk

http://www.medieval.org/emfaq/composers/cantigas.html

http://www.pbm.com/~lindahl/cantigas/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Cantigas_de_Santa_Maria

Acções do Documento